Finalizada a montagem da primeira Unidade Geradora da UHE Estreito

15-12-2010 15:53

A descida do rotor do gerador da Unidade Geradora (turbina) 01 da Usina Hidrelétrica Estreito indica que o início da geração de energia pelo empreendimento do Consórcio Estreito Energia (Ceste) está próximo. A peça é a responsável por criar o campo magnético e induzir a energia captada pela força do eixo da turbina, que será movimentada pelas águas do Rio Tocantins, e encerra a montagem do maior equipamento em dimensão e peso da primeira unidade geradora como um todo.

Apesar de ter o mesmo princípio de funcionamento de qualquer gerador elétrico utilizado para alimentar fazendas, por exemplo, o rotor do gerador da Usina de Estreito tem medidas impressionantes: 550 toneladas de peso, 13,70 metros de diâmetro, 2,20 de altura e velocidade de rotação de 69,3 RPM.

Para o seu deslocamento e encaixe na turbina, foi necessária a utilização das duas pontes rolantes da Hidrelétrica de Estreito. Vale destacar ainda que a tecnologia empregada no rotor do gerador é toda nacional – com as peças produzidas pela Alston Power (Taubaté-SP), tendo sido armado na área de montagem da UHE Estreito.

Testes - O gerente-geral de obras do Ceste, Adalberto Rodrigues, afirmou que com a descida do rotor do gerador dá-se por encerrada a montagem do gerador da primeira unidade geradora. “Isso viabiliza o início das atividades para o fechamento da máquina, que compreende a montagem dos periféricos e da tampa da turbina. Tão logo a máquina esteja fechada, poderemos iniciar os testes a seco e com o enchimento do reservatório, os testes com água. Desta forma, podemos prever que estaremos gerando energia a partir do inicio do ano que vem”, assegurou o gerente.

A segunda turbina da Usina de Estreito já está em sua segunda fase de montagem. Na primeira quinzena de dezembro, foi realizada a descida do rotor da turbina tipo Kaplan. Conhecida como “Árvore Kaplan”, a peça representa a parte móvel ou rotativa da turbina e vai realizar a movimentação do rotor do gerador, para então gerar energia.

 (O Estado do Maranhão ed:17.655; Primeiro Caderno; Economia- pág. 07)

Contacto

Clipping

Av. Prof. Carlos Cunha, S/N, Edifício Nagib Haickel - Calhau.

(98) 3235-8621