Fundação Vale inaugura Estação Conhecimento na cidade de Arari

14-12-2010 14:59

A primeira Estação Conhecimento do Maranhão foi inaugurada ontem, na cidade de Arari, a 162 km de São Luís. O projeto oferecerá suporte aos produtores rurais e opções de esporte e profissionalização para os jovens da região. O município foi escolhido em razão de sua localização geográfica considerada estratégica. Em uma área de 40 hectares, a unidade conta com um Centro Educacional, um Centro Esportivo e Cultural e um Centro de Referência Tecnológica da Produção. A governadora Roseana Sarney esteve presente na solenidade de inauguração.

A Estação Conhecimento é um núcleo de desenvolvimento humano e econômico. Seu objetivo é contribuir para a melhoria da qualidade de vida e o desenvolvimento integrado e sustentável das comunidades rurais de Arari. Trata-se de uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIPs), viabilizada por meio de parcerias firmadas entre o Governo do Estado, a Fundação Vale, a Prefeitura do Município e entidades da sociedade civil organizada. As obras tiveram início em março de 2009. Mais de R$ 10 milhões foram investidos na concretização do projeto.

O projeto beneficiará mais de 1,5 mil jovens e 700 famílias de produtores rurais da região, aliando desenvolvimento econômico sustentável e ensino técnico-profissionalizante. “O foco é a formação integral de jovens por meio do esporte, da cultura e da qualificação profissional, possibilitando a melhoria das condições de acesso ao mercado de trabalho e a geração de renda das comunidades”, explicou o presidente da Fundação Vale, Silvio Vaz. Foram inauguradas ontem 7 salas de aula, além da piscina semi-olímpica e da pista de atletismo. O restante das instalações deve entrar em funcionamento no início de 2011.

Pólo - Segundo, a coordenadora da Fundação Vale para o Maranhão, Cristiana Saldanha, o objetivo é que, a longo prazo, o município funcione como um pólo, atendendo também às cidades vizinhas. “Arari é uma cidade estratégica no ponto de vista geográfico, pois fica próximo aos principais centros em desenvolvimento no Maranhão de hoje. Cidades como Miranda do Norte, Anajatuba, Santa Inês, Bacabeira, Igarapé do Meio, entre outras, também acabarão se beneficiando com as atividades da Estação Conhecimento de Arari”, afirmou.

Para incentivar a produção rural de forma sustentável, a Estação conta com uma estrutura com profissionais (engenheiro agrônomo, veterinários, cientista e técnico agrário e zootecnista) e equipamentos específicos (tanques viveiros, fábrica de ração, dois modelos de estufa e galinheiro especializado). O objetivo é ampliar o conhecimento técnico e a visão de negócio dos produtores. As atividades são desenvolvidas em espaços projetados para servir de laboratórios para os produtores. O foco do trabalho está dividido em ovinocultura, criação de galinha caipira, piscicultura e cultivo de hortaliças e árvores frutíferas.

O prefeito de Arari, Leão Santos, destacou a importância do projeto para a economia local, pois, segundo ele, isso permitirá ao município se tornar auto-suficiente. “Atualmente, a Prefeitura compra cerca de 30% da produção local. Com o início das atividades da Estação, à medida que a produção for se expandindo, especializando, ganhando maior qualidade, gerando renda para a população e tributos para o poder municipal, poderemos comprar 100% da produção para que todas as riquezas geradas no município gerem renda, emprego e desenvolvimento econômico e social dentro da nossa cidade”, disse.

Estrutura - Crianças e adolescentes terão acesso à cultura e à prática desportiva de atletismo, natação e futebol, com treinadores qualificados. A estrutura conta com pista de corrida, campo de futebol, quadra poliesportiva e piscina semi-olímpica. São oferecidos ainda cursos profissionalizantes e de empreendedorismo, além dos ensinos fundamental e médio, por meio de parcerias com o Município e o Estado. Somente da rede municipal, 40 funcionários serão cedidos até o fim de 2011 para trabalharem na Estação.

A governadora Roseana Sarney afirmou que a Estação Conhecimento de Arari servirá também como um centro motor da qualificação profissional dos professores da rede estadual. “Entre os diversos convênios firmados com a Vale para a construção desse empreendimento, o governo entrará com os profissionais do ensino médio que serão qualificados pela Fundação. Nós percebemos nisso o início de um ciclo virtuoso de desenvolvimento, pois o conhecimento será repassado entre os profissionais da educação na região e, conseqüentemente, de todo o estado”, acredita.

Os jovens atendidos participarão de projetos educativos em três pilares. O físico, por meio de atividades esportivas com o intuito de descobrir novos talentos em modalidades como futebol feminino, natação e atletismo que possam competir nas Olimpíadas de 2016; o emocional, por meio de atividades culturais como a música, artesanato, artes cênicas e outras, e no campo profissional, os jovens serão capacitados em nível de gestores públicos e rurais.

Números

R$ 10 milhões investidos

1.500 jovens atendidos

700 famílias beneficiadas

14 salas de aula

(O Estado do Maranhão ed:17.654; Primeiro Caderno; Geral - pág. 05)

 

Contacto

Clipping

Av. Prof. Carlos Cunha, S/N, Edifício Nagib Haickel - Calhau.

(98) 3235-8621