Refinaria: ANP e Setres unem-se para qualificar mão-de-obra

15-12-2010 15:52

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) e a Secretaria de Estado do Trabalho e Economia Solidária (Setres) estão afinando o discurso sobre a necessidade de qualificação da mão-de-obra maranhense com vistas à implantação da refinaria Premium da Petrobras, que será construída no município de Bacabeira. Em reunião realizada segunda-feira entre o secretário de Trabalho e Economia Solidária, José Antônio Heluy, e o diretor da ANP, Allan Kardec Duailibe, foi reafirmado o interesse social do projeto.

Os municípios da área de influência do empreendimento são os beneficiados por esta política pública, com vagas direcionadas para moradores de São Luís, Bacabeira, Santa Rita, Rosário, Morros e Icatu.

De acordo com o secretário José Antônio Heluy, "um dos pontos positivos da mobilização pela construção do pólo petroquímico de Bacabeira é a preocupação da Petrobras em unir forças com o Estado para que trabalhadores maranhenses participem desta mudança que é a chegada da refinaria ao Maranhão".

Entre as providências já em andamento, está a oferta de 6.700 vagas de cursos de capacitação profissional para a área de construção civil, promovida pelo Programa Nacional de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo (Prominp) e o Ministério do Trabalho.

Allan Kardec, que é maranhense, lembra o compromisso do Governo Federal em criar empregos e competências no setor de petróleo e gás no Maranhão. "A refinaria de Bacabeira vai gerar oportunidades e riquezas para o país, especialmente para o nosso estado, que tem sido o centro de interesses e investimentos de muitos setores produtivos", opinou.

(O Estado do Maranhão ed:17.655; Primeiro Caderno; Economia- pág. 06)

 

Contacto

Clipping

Av. Prof. Carlos Cunha, S/N, Edifício Nagib Haickel - Calhau.

(98) 3235-8621