Sistema de transmissão da MPX Itaqui está concluído

10-12-2010 15:32

A MPX Itaqui, usina termelétrica em construção no Distrito Industrial de São Luís, concluiu este mês a implantação do sistema de transmissão, responsável pela conexão da energia elétrica gerada na usina ao Sistema Integrado Nacional (SIN). Esta semana, a empresa realizou a energização do sistema (subestação e linha de transmissão). Com isso, a usina se conectou ao SIN e poderá fornecer 360MW a partir do segundo semestre do próximo ano.

Nesta etapa, foram construídos uma subestação dentro da usina, a linha de transmissão e o módulo de conexão na subestação São Luis II da Eletronorte.

A definição do traçado da linha, que tem 15 km de extensão e percorre o Distrito Industrial de São Luís, priorizou o atendimento a padrões de segurança e respeito ao meio ambiente, em níveis nacionais e internacionais. A partir de agora e durante a fase de operação da usina, a linha de transmissão está energizada a uma tensão de 230 mil volts, o que equivale a mil vezes a tensão do sistema doméstico. Por isso, é necessário que a população que mora, trabalha ou passa eventualmente pelo local siga as orientações de segurança divulgadas pela MPX Itaqui.

“O trabalho de implantação da linha de transmissão incluiu ações informativas e de conscientização das populações localizadas próximas ao traçado”, explica o presidente da MPX Itaqui, Edio Rodenheber.

Orientações – De acordo com especialistas da empresa, quem mora ou transita próximo à linha de transmissão não deve: fazer construções dentro da faixa de servidão; subir ou atirar objetos nas torres; realizar queimadas, empinar papagaio (pipa), soltar ou manusear fogos de artifício, fazer plantações ou criar animais de grande porte nas áreas próximas à linha de transmissão, danificar isoladores, retirar cabos de aterramento ou qualquer outra peça das torres, entre outros.

Caso alguém tenha dúvidas ou testemunhe outras pessoas cometendo atos perigosos na área da linha de transmissão, a MPX Itaqui orienta que entrem em contato gratuitamente pelo telefone 0800 705 1010.

Avanço da obra

A usina termelétrica MPX Itaqui é um empreendimento que integra o conjunto de obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e recebe investimento de R$ 1,8 bilhão, financiado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Banco do Nordeste do Brasil (BNB). Atualmente, o projeto já avançou 80%, e as atividades de implantação da planta já empregam 3.200 pessoas. Até o próximo mês, a obra da usina deve chegar ao seu pico de 3.500 empregos diretos

(O Estado do Maranhão ed:17.650; Primeiro Caderno; Economia - pág. 06)

Contacto

Clipping

Av. Prof. Carlos Cunha, S/N, Edifício Nagib Haickel - Calhau.

(98) 3235-8621